quarta-feira, 20 de outubro de 2010

GREGO BÍBLICO – DIATHEKE / SUNTHEKE

DIATHEKE é a palavra grega que traduzimos por "pacto". É um termo amplamente utilizado na versão grega do Antigo Testamento, constituindo-se numa das palavras mais importantes das escrituras sagradas. É um termo que traz no seu bojo uma certa dificuldade. A solução desse problema nos mostrará que DIATHEKE comporta um conteúdo teológico e uma profunda visão da relação entre Deus e o homem.

A palavra "pacto" no seu uso comum e não teológico, significa "acordo" entre duas ou mais pessoas ou entidades. Assim como é ocasionalmente utilizado no A. T. Como exemplo disso temos: a "aliança" que os gibeonitas desejavam fazer com Josué (Josué 9.6); No "pacto" com os habitantes de Canaã, o qual não era permitido aos Israelitas (Juizes 2.2); no "pacto" que fizeram Davi e Jônatas (I Sm 23.18). No N. T., DIATHEKE é a palavra chave da carta aos hebreus para descrever esta nova e melhor relação entre Deus e o homem (Hebreus 7.22; 8.6,9,10; 12.24; 13.20).

O problema se estabelece a partir do momento que nos apropriamos do fato de que a palavra grega normalmente usada para pacto é "SUNTHEKE", que é utilizada na maioria das situações comunicativas, principalmente em situações que envolve um compromisso matrimonial, um acordo entre duas pessoas ou países.

Por que o termo "DIATHEKE" é o preferido dos escritores sagrados no lugar de "SUNTHEKE"?

A explicação é devido ao fato que "SUNTHEKE" descreve um acordo feito por duas partes que se encontram em igualdade de condições, e qualquer das partes terá poder para alterar o acordo estabelecido. Todavia, a palavra "DIATHEKE" expressa muito mais do que um simples acordo feito em igualdade de condições, pois significa um pacto estabelecido por testamento, sendo assim expressa o sentido de pacto irrevogável. Isto nos revela que nesse "pacto" Deus e o homem não estão em igualdade de condições, significa que Deus, por opção própria e em sua livre graça, ofereceu ao homem esta relação, a qual o homem não pode alterar, mudar, nem anular, senão apenas aceitar ou rejeitar. As condições de testamento são impostas por uma pessoa e aceitas pela outra, que não pode alterar.

Não entramos em relação com Deus por auto-merecimento, nem segundo as nossas próprias exigências, mas pela iniciativa e graça de Deus manifestas em nosso favor. DIATHEKE, resume em si mesma a "dívida" e o "dever" que temos para com Deus. Somos devedores porque a nossa relação com Deus provém do esforço de Dele, pois, nada poderíamos fazer em prol dessa relação. Temos um "dever" porque temos de aceitar as condições de amor, fé e obediência impostas por Deus, sem jamais pensarmos em modificar os termos do pacto.

Um comentário:

  1. Bom dia, como fica a pronúncia da palavra DIATHEKE?
    Vi em muitos lugares tantas e tantas pronuncias mas não achei de fato uma pronuncia comum a todos.
    Pode me ajudar?

    ResponderExcluir